Bem Vindo, Visitante
Você tem que se registrar antes, para poder colocar mensagens no Fórum.

Nome de usuário
  

Senha
  





Pesquisar Nos Fóruns

(Pesquisa Avançada)

Estatísticas do Fórum
» Membros: 60.732
» Último Membro: ahutovame
» Tópicos do Fórum: 103.639
» Inserção de Mensagens: 2.959.388

Estatísticas Completas

usuários Online
Estão de momento 29 usuárioes online.
» 10 Membro(s) | 19 Visitante(s)
AldenMot, Aleph, DavinEr, DerikReof, estrela, GalenZer, JerodFemi, Kegandit, Kevenbag, Khain

Últimos Tópicos
WoW Battle for Azerote
Fórum: World of WarCraft
Última Mensagem: Freakey
2 horas atrás
» Respostas: 171
» Visualizações: 10.009
Processadores INTEL (Lake...
Fórum: Informática & Eletrônicos
Última Mensagem: ~Zeh
2 horas atrás
» Respostas: 68
» Visualizações: 9.082
Campeonato Brasileiro 201...
Fórum: Esportes
Última Mensagem: ClouD
3 horas atrás
» Respostas: 4
» Visualizações: 128
Será o nazismo de extrema...
Fórum: Geral
Última Mensagem: zGt.MM666
3 horas atrás
» Respostas: 4
» Visualizações: 234
Pq o fórum ainda existe? ...
Fórum: Geral
Última Mensagem: Mammute
5 horas atrás
» Respostas: 76
» Visualizações: 6.321
Bolão Coveiro 2018
Fórum: Geral
Última Mensagem: Manson
10 horas atrás
» Respostas: 56
» Visualizações: 3.153
The Flash - Seriado
Fórum: Multimídia
Última Mensagem: dulago
, 03:36 PM
» Respostas: 480
» Visualizações: 21.445
Sites para comprar deskto...
Fórum: Informática & Eletrônicos
Última Mensagem: brender
, 03:23 PM
» Respostas: 15
» Visualizações: 1.435
Tudo Sobre o Mercado de ...
Fórum: Geral
Última Mensagem: Manson
, 01:24 PM
» Respostas: 797
» Visualizações: 66.390
Best answer pictures ever...
Fórum: Geral
Última Mensagem: FalK
04-24-2018, 11:53 PM
» Respostas: 150
» Visualizações: 264.911

 
  Será o nazismo de extrema-direita?
Inserido por: Wakeupdead - 7 horas atrás - Fórum: Geral - Respostas (4)

Será o nazismo de extrema-direita?

[Imagem: hitler-and-stalin-children-of-marx-33939...jpeg?w=700]

Marxistas, humanistas, progressistas, obamistas e neo ateus (o que dá tudo no mesmo) adoram fantasiar o passado da Alemanha Nazista para chamá-los de “extrema direita”. E o que faz um cético político? Obviamente, vai investigar a alegação.

Nada melhor que começar com uma análise do PROGRAMA DO PARTIDO NACIONAL SOCIALISTA DOS TRABALHADORES ALEMÃES, publicado em 24 de fevereiro de 1920, no Hofbrauhaus-Festsaal em Munique. Esse é o paradigma que deu sustentação à todas as ações de Hitler, incluindo o Holocausto Judeu. Não há nada melhor para estudar o cerne da mente nazista do que estudar este documento.

Para cada um dos 25 termos do programa, iniciarei meus comentários com a explicitação de com qual ideologia o nazismo se alinha, podendo ser “Neutro”, “Direita” ou “Esquerda”. (É interessante notar que os pontos iniciais são neutros, mas do décimo para a frente a coisa definitivamente se avermelha de vez)

Comecemos:

1. Nós exigimos a união de todos os alemães numa Grande Alemanha com base no princípio da auto-determinação de todos os povos.

Neutro. Não é possível qualificar o ponto acima como algo relacionado nem a Esquerda como à Direita.

2. Nós exigimos que o povo alemão tenha direitos iguais àqueles de outras nações; e que os Tratados de Paz de Versalhes e St. Germain sejam abolidas.

Neutro. É, como se nota, o esquerdismo ainda não se manifestou, mas muito menos uma concepção de mundo que possa ser qualificada como “de direita”.

3. Nós exigimos terra e território (colônias) para a manutenção do nosso povo e o assentamento de nossa população excedente.

Neutro, tendendo à Esquerda. Por enquanto, temos apenas um país reconhecendo seu aspecto belicista, e avisando que vai botar para quebrar, o que qualifica o ponto acima como parcialmente neutro. Entretanto, a promessa de “garantir a manutenção do povo”, através da ação do estado, é uma abordagem esquerdista.

4. Somente aqueles que são nossos compatriotas podem se tornar cidadãos. Somente aqueles que tem sangue alemão, independente do credo, podem ser nossos compatriotas. Por esta razão, nenhum judeu pode ser um compatriota.

Neutro. A filosofia do período, tanto esquerdista quanto de direita, não pregava a exclusão dos judeus. Alguns poderiam dizer que Marx teria dito que os judeus “pereceriam no holocausto”, mas ele queria dizer com isso que os judeus deixariam de ter uma identidade de povo (como todos os outros povos deveriam fazê-lo) para se juntar à revolução. Marx não tinha nada contra os judeus, apenas contra o fato de terem uma “identidade judaica”, quando para ele deveriam ter uma identidade de classe (proletários X burgueses). Mesmo assim, a qualificação de um grupo (os judeus) como bodes expiatórios de todos os males é uma extensão da filosofia de guerra de classes de Marx. Mas, por questão de caridade, deixarei este ponto como neutro.

5. Aqueles que não são cidadãos devem viver na Alemanha como estrangeiros e devem ser sujeitos à lei de estrangeiros.

Neutro. Alguns difamadores da esquerda diriam que esta é uma proposta de direita, principalmente pelo fato de alguns Republicanos nos Estados Unidos terem sido contra a imigração ilegal. Entretanto, coibir a imigração ilegal não é o mesmo que definir os estrangeiros como não-cidadãos.

6. O direito de escolher o governo e determinar as leis do Estado pertencerá somente aos cidadãos. Nós portanto exigimos que nenhuma repartição pública, de qualquer natureza, seja no governo central, na província, ou na municipalidade, seja ocupada por qualquer um que não seja um cidadão. Nós combatemos a administração parlamentar corrupta pela qual homens são indicados para vagas por favor do partido, não importando caráter e aptidão.

Neutro. É a extensão do ponto anterior.

7. Nós exigimos que o Estado especialmente se encarregará de garantir que todos os cidadãos tenham a possibilidade de viver decentemente e recebam um sustento. Se não puder ser possível alimentar toda a população, então os estrangeiros (não-cidadãos) devem ser expulsos do Reich.

Esquerda. Enfim, começou a ladainha. Aqui temos a criação de bodes expiatórios para, no caso da população precisar de sustento, jogar neles as culpas pela penúria que porventura a população passasse. Este truque (o da guerra de classes) é essencialmente esquerdista.

8. Qualquer imigração adicional de não-alemães deve ser previnida. Nós exigimos que todos os não-alemães que entraram no país desde 2 de Agosto de 1914 sejam forçados a deixar o Reich imediatamente.

Neutro. Esta medida era contextual, em um período que a Alemanha passava dificuldades após a Primeira Guerra Mundial. Uma medida abjeta, diga-se, mas que não é diretamente sustentada nem pela filosofia de direita e nem a de esquerda.  

9. Todos os cidadãos devem possuir iguais direitos e deveres.

Direita. Esta é uma abordagem essencialmente direitista. Já os esquerdistas pregam que alguns devem ter mais direitos que os outros. Um exemplo está na recente questão da causa gayzista, a PL 122. Com essa proposta, os gayzistas querem que seja proibida a crítica aos gays. Isso é dar mais direito a um grupo em detrimento de outro. Podemos (e devemos) contestar os critérios que os alemães usaram para definir quem seria um cidadão – e, como falarei mais profundamente na conclusão, este foi um truque para usar o princípio de forma distorcida. Mas, em essência, dar direitos e deverem iguais para todos os cidadãos é uma ação com o DNA da direita.

10. O primeiro dever de todo cidadão deve ser trabalhar mental ou fisicamente. Nenhum indivíduo fará qualquer trabalho que atente contra o interesse da comunidade para o benefício de todos.

Esquerda. Coletivismo em detrimento do individualismo é uma manifestação 100% esquerdista. Isso pode ser evidenciado na idéia obsessiva de Karl Marx da guerra de classes, em que ele visualizava grandes “blocos coletivos”, ao invés de indivíduos lutando por seus interesses.

11. Portanto, nós exigimos: Que toda renda não merecida, e toda renda que não venha de trabalho, seja abolida.

Esquerda. E o discurso aqui é plenamente copiado de Karl Marx. Não é raro vermos esquerdistas reclamando de pessoas que são ricas por terem “recebido herança”, como se isso fosse algum pecado. Para alguém de direita, se alguém recebe uma herança é por que seus antepassados lutaram por algo para deixar aos filhos, e portanto algo lícito.

Quebrando as Algemas do Interesse

12. Como cada guerra impõe sobre o povo sacrifícios em sangue e bens valiosos, todo lucro pessoal proveniente da guerra deve ser tratado como traição ao povo. Nós portanto exigimos o confisco total de todos os lucros de guerra.

Esquerda. Sair culpando o lucro (independente de onde for) é obviamente uma iniciativa que tem como seu principal Messias a figura de Karl Marx. Logo, esquerda até a medula.

13. Nós exigimos a nacionalização de todos os grupos investidores.

Esquerda. Adeptos do livre mercado, da direita, não pensam em nacionalização de empresas. Já esquerdistas, como pôde ser visto há poucos meses na Argentina da mandona Cristina Kirchner, adoram arrumar o primeiro pretexto que puderem para “nacionalizar” empresas.

14. Nós exigimos participação nos lucros em grandes indústrias.

Esquerda. Participação em lucros não é algo que deve ser exigido, mas conquistado através de acordos e mérito. Isso, é claro, no pensamento da direita. Já a esquerda…

15. Nós exigimos um aumento generoso em pensões para idade avançada.

Esquerda. Pois quem é da direita já optaria pelas pensões oriundas da iniciativa privada.

16. Nós exigimos a criação e manutenção de uma classe média sadia, a imediata socialização de grandes depósitos que serão vendidos a baixo custo para pequenos varejistas, e a consideração mais forte deve ser dada para assegurar que pequenos vendedores entreguem os suprimentos necessários ao Estado, às províncias e municipalidades.

Esquerda. Isso é economia totalmente controlada pelo estado, com uma intervenção excessiva e até ações que poderíamos definir como tirânicas. É praticamente uma escravização do povo em prol do Estado.

17. Nós exigimos uma reforma agrária de acordo com nossas necessidades nacionais, e a oficialização de uma lei para expropriar os proprietários sem compensação de quaisquer terras necessárias para propósito comum. A abolição de arrendamentos de terra, e a proibição de toda especulação na terra.

Esquerda. E nem preciso dizer o motivo.

18. Nós exigimos que uma guerra dura seja travada contra aqueles que trabalham para o prejuízo do bem-estar comum. Traidores, usuários, aproveitadores, etc., serão punidos com morte, independente de credo ou raça.

Esquerda. Discurso de “bem-estar comum”? E o parangolé é sempre deste tipo. Quem não está “trabalhando para o  bem-comum” é um inimigo do povo, e portanto tudo pode ser feito contra ele. Esquerdistas sempre foram acostumados a pensar com tal carga de ódio contra os “inimigos da causa”. Quem é de direita, por sua vez, sabe que as pessoas não precisam lutar “pelo bem-comum”, mas por seu próprio bem, e, ao conseguir isso, por CONSEQUÊNCIA, estarão auxiliando a melhorar a vida dos outros, sendo até mais eficientes que os proponentes do “bem-comum”.

19. Nós exigimos que a lei romana, que serve a um arranjo materialista do mundo, seja substituída pela lei comum alemã.

Esquerda. O ódio pelo Direito Romano vem da esquerda, não da direita. Quem é de direita sabe que as leis devem ser respeitadas e se algo não atende aos seus princípios, deve-se lutar para mudar as leis. O esquerdista pensa diferente, achando que, se é pela causa do lado dele, então não há problema em quebrar as leis.

20. A fim de tornar possível para todos os alemães capazes e industriosos obter educação mais elevada, e assim a oportunidade de alcançar posições de liderança, o Estado deve assumir a responsabilidade de organizar completamente todo o sistema cultural do povo. Os currículos de todos os estabelecimentos educacionais serão adaptados para a vida prática. A concepção da idéia do Estado (ciência de cidadania) deve ser ensinada nas escolas desde o início. Nós exigimos que crianças especialmente talentosas de pais pobres, quaisquer que sejam suas classes sociais ou ocupações, sejam educadas às custas do Estado.

Esquerda. Quanto mais escolas públicas, melhor para o esquerdista. Qual é o objetivo disso? Obviamente, usar o território da escola pública para doutrinação das crianças na ideologia do estado. Essa sempre foi uma plataforma esquerdista.  Para quem é da direita, seria melhor se o estado usasse bolsas de ensino para que os alunos pudessem buscar escolas privadas.

21. O Estado tem o dever de ajudar a elevar o padrão de saúde nacional fornecendo centros de bem-estar maternal, proibindo trabalho infantil, aumentando aptidão física através da introdução de jogos compulsórios e ginástica, e pelo maior encorajamento possível de associações relacionadas com a educação física do jovem.

Esquerda. Aqui, como sempre, é o uso do estado como aquele que tem o “dever” de financiar o ensino. O motivo já está claro.

22. Nós exigimos a abolição do exército regular e a criação de um exército nacional (popular).

Esquerda. Jogar para a galera é especialidade de esquerdistas. Aliás, todos os ditadores de esquerda adoram dizer que o exército agora é um “exército do povo”. Um exemplo evidente está em Hugo Chavez. O populismo, como sempre, é uma das armas centrais da esquerda.

23. Nós exigimos que haja uma campanha legal contra aqueles que propaguem mentiras políticas deliberadas e disseminem-nas através da imprensa. A fim de tornar possível a criação de uma imprensa alemã, nós exigimos:

(a) Todos os editores e seus assistente em jornais publicados na língua alemã deverão ser cidadãos alemães.

(b) Jornais não-alemães deverão somente ser publicados com a permissão expressa do Estado. Eles não deverão ser publicado na língua alemã.

© Todos os interesses financeiros em, ou de qualquer forma afetando jornais alemães serão proibidos a não-alemães por lei, e nós exigimos que a punição por transgredir esta lei seja a imediata supressão do jornal e a expulsão dos não-alemães do Reich.

Jornais que transgridam o bem-estar comum serão suprimidos. Nós exigimos acão legal contra aquelas tendências na arte e literatura que tenham influência ruidosa sobre a vida do nosso povo, e que quaisquer organizações que que atentem contra as exigências agora mencionadas sejam dissolvidas.

Esquerda. Controlar a mídia está no DNA de todo esquerdista. Na Venezuela e Cuba, a mídia está completamente controlada, e o mesmo pode-se dizer do Equador. Na Argentina, a situação está caminhando a passos largos para a ditadura formal, e um símbolo dessa iniciativa foi a invasão do Clarin pelas forças do governo. No Brasil, a recente proposta do PNDH-3 visava controlar a mídia. Como se nota, o padrão esquerdista não muda. Desde os tempos de Stalin e Hitler, dois de seus mais cuidadosos representantes.

24. Nós exigimos liberdade para todas os credos religiosos no estado, à medida que eles não coloquem em risco a existência ou ofendam a moral e senso ético da raça germânica. O Partido como tal representa o ponto-de-vista de um cristianismo positivo sem ligar-se a qualquer credo particular. Ele luta contra o espírito judaico materialista internamente e externamente, e está convencido de que uma recuperação duradoura do nosso povo só pode vir de dentro, sobre o princípio: BEM COMUM ANTES DO BEM INDIVIDUAL

Esquerda. Bem comum antes do bem individual é uma das promessas da esquerda. Aliás, o cristianismo positivo é uma variação humanista do cristianismo, todo distorcido para se adaptar ao culto ao homem. Como o humanismo é uma das variações da esquerda, de novo essa plataforma do NSDAP entregou os nazistas como esquerdistas.

25. A fim de executar este programa, nós exigimos: a criação de uma autoridade central forte no Estado, a autoridade incondicional pelo parlamento político central de todo o Estado e todas as suas organizações.

Esquerda. Estado, estado, estado…  nota-se que os nazistas cultuavam o estado até mais que o pessoal de Stalin.

Conclusão

Dos 25 pontos do partido alemão, 6 são neutros, 1 poderia ser chamado de centro-esquerda, 1 de direita, e os 17 restantes são plenamente esquerdistas. No único ponto que pode ser associado ao pensamento de direita (“9. Todos os cidadãos devem possuir iguais direitos e deveres.”), ele é tão óbvio que até os esquerdistas o entendem como algo facilmente assimilável, mas no caso dos nazistas eles usaram um truque. Como esquerdista gosta de privilegiar uma classe sobre outra (pelo pensamento da guerra de classes), eles acoplaram esse único princípio da direita, e definiram alguns como “não cidadãos”. Ora, aí fica fácil. Bastou a eles usarem um princípio da direita para remodelá-lo através de outros novos pontos que dêm um “bypass” no princípio.

O que importa é que de direita a plataforma do partido nazista não tem nada. Entretanto, especialmente do meio para o final, o que é vê é a essência do pensamento esquerdista, incluindo:

uso da guerra de classes
populismo
inchamento do estado
culto ao mesmo estado, é óbvio
limitação da atividade de imprensa
sistema de ensino público (para doutrinação no culto ao estado)
estatização de empresas
reforma agrária
ataque aos lucros das empresas
coletivismo, ao invés do individualismo
Qualquer pessoa honesta intelectualmente irá reconhecer que o nazismo não é um empreendimento de extrema-direita, mas de extrema-esquerda.

Por fim, fica claro que os marxistas sempre chamaram os nazistas de direita, pois Hitler se opôs a Stalin, embora tenha sido seu aliado em priscas eras. Entretanto, se opor à União Soviética não é o mesmo que se opor ao comunismo, e, mesmo que alguém fosse oponente ao comunismo, isso não implicaria em ser de direita (lembremos da rotina “Eu não sou comunista”). Entretanto, comunismo não é a única forma de esquerdismo, e nem a União Soviética era a única forma de comunismo. Unicamente por confusões (a meu ver, propositais) deste tipo, é que alguns ainda acham que nazismo é de direita.

Por tudo que está demonstrado aqui, da próxima vez que algum marxista lhe taxar de “nazista” por ser contra as idéias esquerdistas, mostre-lhe um link para esta matéria, e veja que, de acordo com o que os próprios nazistas afirmaram, ser nazista é ser de esquerda. Ou melhor, extrema-esquerda. É por isso que estou legitimado a colocar todas as genocídios da União Soviética, do Cambodja, da China e da Alemanha Nazista na CONTA DA ESQUERDA.

Uma cena que eu gostaria de acompanhar é um diálogo no qual o esquerdista chega dizendo: “Você não apóia minhas idéias, pois é um nazista”, recebendo o coice a seguir: “Não, eu não sou nazista, pois não sou da tua turma”, seguido da citação à plataforma do Partido Nazista.

E não tenha dó deles no debate. Eles merecem essa humilhação. As vítimas que eles já causaram (e ainda estão por causar) justifica essa patada.

A teoria marxista da “ideologia de classe” não tem pé nem cabeça. Ou a ideologia do sujeito traduz necessariamente os interesses da classe a que ele pertence, ou ele está livre para tornar-se advogado de alguma outra classe. Na primeira hipótese, jamais surgiria um comunista entre os burgueses e Karl Marx jamais teria sido Karl Marx. Na segunda, não há vínculo entre a ideologia e a condição social do indivíduo e não há portanto ideologia de classe: há apenas a ideologia pessoal que cada um atribui à classe com que simpatiza, construindo depois, por mera inversão dessa fantasia, a suposta ideologia da classe adversária. Uma teoria que pode ser demolida em sete linhas não vale cinco, mas com base nela já se matou tanta gente, já se destruiu tanto patrimônio da humanidade e sobretudo já se gastou tanto dinheiro em subsídios universitários, que é preciso continuar a fingir que se acredita nela, para não admitir o vexame. Olavo de Carvalho, íntegra aqui.
"Para conseguir sua maturidade o homem necessita de um certo equilíbrio entre estas três coisas: talento, educação e experiência." (De civ Dei 11,25)
Cuidado com seus pensamentos: eles se transformam em palavras. Cuidado com suas palavras: elas se transformam em ação. Cuidado com suas ações: elas se transformam em hábitos. Cuidado com seus atos: eles moldam seu caráter.
Cuidado com seu caráter: ele controla seu destino.
A perversão da retórica, que falseia a lógica e os fatos para vencer o adversário em luta desleal, denomina-se erística. Se a retórica apenas simplifica e embeleza os argumentos para torná-los atraentes, a erística vai além: embeleza com falsos atrativos a falta de argumentos.
‎"O que me leva ao conservadorismo é a pesquisa e a investigação da realidade. Como eu não gosto de futebol, não gosto de pagode, não gosto de axé music, não gosto de carnaval, não fumo maconha e considero o PT ilegal, posso dizer que não me considero brasileiro - ao contrário da maioria desses estúpidos que conheço, que afirma ter orgulho disso". (José Octavio Dettmann)
" Platão já observava que a degradação moral da sociedade não chega ao seu ponto mais abjeto quando as virtudes desapareceram do cenário público, mas quando a própria capacidade de concebê-las se extinguiu nas almas da geração mais nova. " Citação de Olavo de Carvalho em "Virtudes nacionais".

http://cavaleirodotemplo.blogspot.com.br...a-not.html

Imprimir este artigo

Brick [História] Aventuras na História!
Inserido por: Góris - 04-21-2018, 07:57 PM - Fórum: Geral - Respostas (5)

Tópico para matérias diversas de história que não gerariam material o suficiente para terem um tópico próprio, mas que podem ser interessantes para o pessoal.

Então, vamos começar com o pouco conhecido Imperador dos EUA:

Norton I, Imperador dos Estados Unidos
 Cardoso - Contraditorium

[Imagem: NortonI.jpg]

150 anos atrás era coroado o primeiro e único Imperador dos Estados Unidos da America, talvez o maior de todos os malucos-beleza. A história é comumente tomada como ficção, por ter sido popularizada em Sandman, de Neil Gaiman, mas é incrivelmente verdadeira.

Joshua Abraham Norton era um inglês morador dos EUA que foi muito rico, até perder tudo em um investimento mal-planejado, importando arroz do Peru. A batalha judicial com os credores o desestabilizou mentalmente, a ponto de sumir do mapa, levando anos para voltar a São Francisco.

No dia 17 de Setembro de 1859 ele enviou uma proclamação a vários jornais, onde se declarava Norton I, Imperador dos Estados Unidos. Achando que era brincadeira, alguns publicaram.

Outros decretos se seguiram, onde ele dissolvia o Congresso, dava ordens ao exército, etc. Claro, ninguém prestava atenção. Era apenas um sujeito arruinado, quase um sem-teto, vivendo em um quarto de pensão cuja diária custava 50 centavos.

Só que Norton era uma figura extremamente simpática. Ao invés de expulsá-lo os comerciantes o recebiam bem. Com o tempo o Imperador virou figura folclórica. Ele coletava impostos (geralmente 50 centavos) e era convidado a comer nos melhores restaurantes.

Depois disso placas de bronze eram colocadas na porta, dizendo “Indicado por Sua Majestade Norton I, Imperador dos EUA”. Isso aumentava a freguesia, e logo Norton tinha mais convites do que tempo. Peças e Concertos sempre reservavam um camarote para ele.

Fora os “impostos” a única fonte de renda de Norton eram seus bônus imperiais e papel-moeda. Não só o dinheiro que ele emitia era considerado item de colecionador, como vários estabelecimentos comerciais aceitavam as notas.

[Imagem: Nort10d.jpg]

Norton inspecionava os bondes, escolas e vias públicas, mantinha correspondência com outros monarcas e dizem até ter se encontrado com Dom Pedro II. Seus decretos iam dos mais loucos a ordens como criar uma Liga das Nações e construir uma ponte na Baía de São Francisco – considerado na época uma idéia doida.

Ele usava um fardão imperial, doado por um general do Presídio de São Francisco, quando ficou rasgado demais, ele ganhou outro, da municipalidade.

No censo de 1870 ele aparece listado como “Imperador”.

Em 1967 Norton foi preso por um policial babaca de nome Armand Barbier, que o tentou levar para um manicômio, para internação involuntária. Uma série de editoriais nos jornais atacou a atitude do filho da puta. Norton foi solto, e Patrick Crowley, Chefe de Policia fez um pedido de desculpas formal para o Imperador, em nome de toda a Força Policial:

“Ele não derramou nenhum sangue, não roubou ninguém, não pilhou país nenhum. Isso é mais do que pode ser dito de outros Imperadores”

Depois disso todos os policiais de São Francisco passaram a saudar o Imperador, quando passavam por ele nas ruas.

Em 8 de Janeiro de 1880 aos 61 anos Norton estava a caminho da Academia de Ciências da Califórnia, onde faria uma palestra, quando teve um ataque e morreu, na rua. Os jornais estamparam manchetes com o falecimento. O San Francisco Chronicle publicou “Le Roi Est Mort”, junto com um lindo e respeitoso obituário.

Todos sabiam que ele era um louco que se achava Imperador, mas um maluco inofensivo e querido, que nunca mostrou ganância, crueldade ou má-intenção. Norton era o pequeno agente provocador, a pequena dose de aleatoriedade que torna a vida menos monótona. E também não era nenhum golpista, como alguns chatos alegavam.

Suas posses se resumiam a uma coleção de chapéus, cinco ou seis Dólares em moedas, US$2,50, uma bengala, uma espada e alguns papéis. Ele ia ser enterrado como indigente, mas a Câmara de Comércio da cidade intercedeu e pagou por um funeral digno. Norton I Imperador dos Estados Unidos foi enterrado com honras de chefe de estado. Seu cortejo foi formado por 30 mil pessoas e teve mais de 3Km de extensão.

Sua lápide traz “Norton I Imperador dos Estados Unidos e Protetor do México”

[Imagem: nortontumba.jpg]

Joshua Norton mostrou que você não precisa nem sequer ser são para fazer do mundo um lugar melhor.

Fonte: Contraditorium, SFGate e Wiki de Verdade

Se curtirem o texto, dêem uma visita (e view) ao Contraditórium e comentem algo lá, para o autor ver que textos de curiosidades históricas são legais e geram views. Se não curtiram, dêem uma resposta e pararei com esse tipo de material na Hangarnet.

Teste pra ver se o fórum vai mesclar os posts

Imprimir este artigo

  Sites para comprar desktop customizável parrudão para trampo
Inserido por: estrela - 04-21-2018, 03:46 AM - Fórum: Informática & Eletrônicos - Respostas (15)

Boa noite amiguinhos

Então, to precisando comprar um desktop parrudo pra deixar morgando na empresa e usar meu avell para trabalho apenas em viagens e reuniões.
Vamos ao primeiro ponto e o mais importante de todos: eu não quero comprar as peças avulsas e montar. Eu já sei de todas as vantagens, eu só não tô afim de pesquisar o que precisa saber, como montar, que peças escolher, etc.. Eu sei apenas o básico de configuração sobre o quê eu ando precisando.

Eu queria um site com as peças customizáveis, como é no site da avell, mas para desktop. Além da dell (que é porcamente customizável), tem algum outro site?

Eu precisaria nível i7 última geração, 16 ou 32 gb RAM, SSD ou HD + SSD (desde que no mínimo 256 de SSD), placa de vídeo boa e afins.

Trabalho bastante com Revit para edificações e uns projetos de infraestrutura de loteamentos, então seria esse tipo de trabalho.

Tipo, tem esse da Dell que achei foda http://www.dell.com/pt-br/work/shop/comp...0he134brpw, mas ele não cita a marca das peças como a Avell cita e não quero porcaria.

Obrigado e Deus vos abençoe.

edit: deus me dibre de AMD, amém

Imprimir este artigo

  Pq o fórum ainda existe? [+liny]
Inserido por: Hawk - 04-20-2018, 12:07 AM - Fórum: Geral - Respostas (76)

As perguntas que não querem calar...


Quem paga isso?

Por que continuam pagando por isso?

São vocês reptilianos?

Foi golpe?

Imprimir este artigo

  Campeonato Brasileiro 2018
Inserido por: Wakeupdead - 04-16-2018, 05:18 PM - Fórum: Esportes - Respostas (4)

[Imagem: globo-brasileirao.jpg]

O Campeonato Brasileiro de Futebol, também conhecido como Campeonato Brasileiro, Brasileirão e Série A, é a liga brasileira de futebol profissional entre clubes do Brasil, sendo a principal competição futebolística no país. É por meio dela que são indicados os representantes brasileiros para a Copa Libertadores da América (juntamente com o campeão da Copa do Brasil).

Devido às peculiaridades históricas e a grande dimensão geográfica do país, o Brasil tem uma história relativamente curta de competições nacionais de futebol. Apenas em 1959, como estabelecido em 1955, foi criado um torneio nacional com a finalidade de apontar o clube campeão brasileiro da temporada, a Taça Brasil. Em 1967, o Torneio Rio-São Paulo foi expandido para incluir equipes de outros estados, ficando conhecido como Torneio Roberto Gomes Pedrosa, e passando a ser considerado uma competição nacional. Em 1971, a CBD iniciou um novo torneio nacional, o Campeonato Nacional de Clubes, torneio este, que foi considerado, entre 1974 e 2010, pela entidade máxima do futebol brasileiro como sendo a primeira edição do Campeonato Brasileiro. Em seus boletins oficiais entre 1971 e 1973, a CBF colocava as edições do "Robertão" em igualdade de condições com as edições posteriores do Campeonato Brasileiro, apenas mantendo os nomes próprios, excluindo esta informação a partir do boletim de 1974. Em dezembro de 2010, a CBF unificou a Taça Brasil, disputada de 1959 a 1968, e as edições de 1967 a 1970 do Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata ao Campeonato Brasileiro pós 1971.[5] O primeiro campeão brasileiro foi o Bahia em 1959.

Uma das características históricas do Campeonato Brasileiro foi a falta de uma padronização no sistema de disputa, que mudava a cada ano, assim como as regras e o número de participantes. Dentre os vários formatos já adotados incluem-se sistema eliminatório (1959-1968) e sistemas mistos de grupos (1967-2002). A fórmula de disputa do campeonato foi padronizada somente em 2003, quando foi adotado o sistema de pontos corridos com todas as equipes se enfrentando em turno e returno. O Palmeiras é o time com maior número de títulos brasileiros, com nove conquistas; desde a criação do certame, em 1959, dezessete clubes já foram campeões brasileiros, doze por mais de uma vez, de sete estados e nove cidades diferentes, sendo que apenas o estado de São Paulo teve campeão por mais de uma cidade, três no total (Campinas, Santos e São Paulo), e apenas a cidade do Rio de Janeiro teve mais de três clubes campeões, quatro deles (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco da Gama). Características estas que demonstra o nível de competitividade do campeonato.

O Campeonato Brasileiro é uma das ligas mais fortes do mundo, contando entre seus integrantes habituais com a participação do maior número de clubes detentores de títulos de "campeões mundiais", com onze campeonatos ganhos por 7 clubes, o segundo em termos de quantidade de títulos da Copa Libertadores da América, com dezessete títulos conquistados por 10 clubes e ainda outros 3 finalistas, atrás em títulos apenas da Primera División Argentina, com 24 títulos conquistados por 8 clubes e um nono clube finalista. A liga é também classificada como a sexta mais valiosa com um patrimônio de mais de US$ 1,43 bilhão, sendo um dos campeonatos mais ricos, com um volume de negócios anual de mais de US$ 1,17 bilhão em 2012. O Campeonato Brasileiro é o torneio de futebol mais visto no continente americano e um dos mais expostos internacionalmente, transmitido em 155 países, tendo sido classificado no top 10 como uma das ligas mais fortes do mundo (para o período 2001-2012) pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), ficando na quarta colocação, atrás apenas da Premier League (Inglaterra), La Liga (Espanha) e Serie A (Itália). O Brasileirão é a competição de futebol preferida dos brasileiros (51%), pelo equilíbrio e imprevisibilidade, bem a frente da Copa Libertadores da América (22,3%), a segunda colocada na preferência popular.

Times no torneio de 2018:

  • América-MG
  • Atlético-MG
  • Atlético-PR
  • Bahia
  • Botafogo
  • Ceará
  • Chapecoense
  • Corinthians
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Grêmio
  • Internacional
  • Palmeiras
  • Paraná
  • Santos
  • São Paulo
  • Sport
  • Vasco da Gama
  • Vitória
DATAS (de 14/04 a 02/12):
1ª rodada (14 a 16 de abril) 
- Cruzeiro x Grêmio 
- Atlético-PR x Chapecoense 
- América-MG x Sport 
- Vitória x Flamengo 
- Vasco da Gama x Atlético-MG  
- Botafogo x Palmeiras 
- São Paulo x Paraná  
- Santos x Ceará 
- Corinthians x Fluminense 
- Internacional x Bahia

38ª rodada (02 de dezembro)

Atlético-MG x Botafogo
Paraná x Internacional
Chapecoense x São Paulo
Bahia x Cruzeiro
Fluminense x América-MG
Flamengo x Atlético-PR
Ceará x Vasco
Sport x Santos
Palmeiras x Vitória
Grêmio x Corinthians

TABELA COMPLETA: https://cdn.cbf.com.br/content/201802/20...0936_0.pdf
(lembrando que pode haver mudanças de datas durante o torneio)

ÚLTIMO CAMPEÃO: Sport Club Corinthians Paulista
[Imagem: corinthians-campeao-brasileiro-de-2017-1...0x1200.png]

ONDE ASSISTIR:
  • Globo
  • SporTV
  • Premiere FC (Premiere Play também)
  • Streams postado por users no tópico  Cool
  • No Estádio
  • No bar de sua preferência!

Imprimir este artigo

Bug [Histórias] África
Inserido por: Góris - 04-15-2018, 09:13 AM - Fórum: Geral - Respostas (8)

Tópico para histórias da África, o continente desconhecido.

Desde muito tempo atrás eu tenho um grande interesse em História da África, não apenas por eu ser descendente de africanos (e índios, brancos, japoneses, judeus e... só falta árabes - ah, sou casado com neta de russos) como principalmente por sempre me incomodar a África ser sempre mostrada como uma terra da idade da pedra mesmo sempre eu lendo sobre grandes e poderosas civilizações.

Apesar de ter interesse, nunca parei de verdade pra procurar ler e entender e, quando comecei a ler vi que intencionalmente mentem e distorcem a história (com h minúsculo) da África. 

O motivo?

Ideologia. 

Se queremos mostrar os negros como vítimas, não podemos mostrar que eles eram poderosos, muito poderosos.
Se queremos mostrar a culpa pelo estado atual da África como culpa dos europeus, nao podemos mostrar que a culpa é deles.
Se queremos mostrar o capitalismo como vilão, não podemos mostrar o socialismo por trás das piores ditaduras do continente.

Nisso, um colega de outro fórum veio e disse "A culpa da miséria da África é do capitalismo" e acabei criando um tópico sobre a Somália, uma das nações mais ricas do mundo antigo, com milênios de existência (ainda que com outros nomes) e de como o país implodiu depois de 30 anos de socialismo (no melhor estilo Venezuela, Bênção da América Latina). O user, claro, só apareceu no tópico pra reclamar que eu não tinha colocado as fontes e que não discutiria sem fontes.

Aí, peguei a Etiópia e fiz a mesma pesquisa e outro tópico. A Etiópia era ainda pior, tbm uma nação milenar (a Rainha de Sabá, da Bíblia, era de lá), a Etiópia era uma das poucas nações africanas respeitadas internacionalmente e Haille Selassie era um líder humanista e que levou muito desenvolvimento pro país, tentando não largar as tradições africanas (tipo um Pantera Negra, mas menos porradeiro e mais diplomático). Os socialistas deram um golpe brutal, prenderam o cara numa cela até morrer, ferraram com a organização do país de tal forma que, de exportador de alimentos, a Etiópia passou a milhões de mortos de fome (inclusive com a fome sendo usada como arma dos socialistas contra a população menos socialista). Todos conhecem a Etiópia pelas imagens de crianças morrendo de fome, né? Dessa vez foi com fontes, mas o cara nem apareceu.

Não lembro se trouxe pra hangar esses tópicos, já que África não é muito de interesse da turma e falar mal de socialismo ia trazer os mesmos trolls que me afastaram daqui ano passado, mas enquanto pesquisava esses dois países, acabei pegando muito material extra que não valeriam um tópico exclusivo mas valiam a pena compartilhar.

Espero que gostem.

Edit: Infelizmente o fórum mescla tópicos se você postar seguidamente, então vou atualizando aos poucos pra não virar um tópico de apenas um post gigantesco que menos gente ainda vai ler.

Imprimir este artigo

  Trump anuncia ataque à Síria
Inserido por: Mursaat - 04-14-2018, 12:52 AM - Fórum: Geral - Respostas (39)

Eae galera, como estão as Power Armors dos senhores, devidamente polidas e funcionais?

https://twitter.com/DiarioPE/status/984977930915893248

Imprimir este artigo

  Crusader Kings 2 - Free
Inserido por: Slayer2K4 - 04-05-2018, 07:50 PM - Fórum: Geral - Respostas (2)

http://store.steampowered.com/app/203770..._Kings_II/

Não esqueçam de deixar um like e seguir o canal.  Big Grin

Abraço.

PS. Só vai até sábado.

Imprimir este artigo

  Aliança ou Horda em BfA
Inserido por: Nequam - 04-05-2018, 09:40 AM - Fórum: World of WarCraft - Respostas (23)

Bom, vou dar uma brincada no WOW novamente. Tenho chars Aliança no Nêmesis e Horda no Tal. Hoje sou um player casual. Jogando na aliança do Nêmesis eu me irritava muito com o cross server porque fazendo quests vinha aquela nuvem de gafanhotos do Azralon. Meu negócio é jogar de boa fazendo as quests. Gosto de PVP World mas, com o desbalanceamento dos servers é ridículo se falar nisso. Tanto faz para mim ser Horda ou Aliança.
Blá, blá, blá não tem dedos, etc., vai para server RP etc., eu tenho char nesses servers. Não me interessa ser fodão em nada, quero apenas jogar de boa. Não pretendo fazer transfer. Eu sei que o Tal é muito de boa, mas meus chars mais desenvolvidos e antigos estão no Nêmesis. Lembrando que hoje sou CASUAL, quero apenas ver a lore, fazer quests de boa e fazer raids no LFR. Qual das facções vocês sugerem?

Imprimir este artigo

  o melhor guia ja feito
Inserido por: Kilixpreee - 04-04-2018, 10:00 PM - Fórum: World of WarCraft - Sem Respostas

soh pra garantir q todo mundo viu isso antes do jogo ter sumido:

http://www.arenajunkies.com/topic/98231-...800-guide/

aseahuieahehauiesa

Imprimir este artigo